Buscar

Como Lidar com Distrações na Aula





Se seus filhos forem parecidos com os meus, eles sempre procuram distrações durante o tempo de estudo. Para meus filhos, uma mosca voando pode justificar uma conversa de dez minutos. Devemos ser proativos e evitar a perda de foco, porque isso desperdiça um tempo valioso de ensino. Quando uma criança se distrai, pode demorar um pouco para que eles voltem a se concentrar novamente. Para crianças com dificuldades de aprendizagem ou atenção, reduzir as distrações é uma necessidade. Hoje quero falar com você sobre as coisas mais importantes a se pensar ao preparar o ambiente de sua sala de aula.


1.

Use uma abordagem multissensorial

A abordagem multissensorial integra elementos de aprendizagem visuais, auditivos, táteis (toque) e cinestésicos (movimento). Diferentes métodos de ensino ativam diferentes partes do cérebro. Uma abordagem multissensorial pode melhorar a memória e a capacidade de aprender. Isso também pode incluir paladar, olfato, tato, visão, audição e movimento. Seus filhos podem vivenciar uma lição por meio de vários caminhos que podem estimular melhor seus cérebros e envolvê-los mais profundamente no assunto. E, claro, uma das partes mais importantes da aprendizagem que muitas vezes é esquecida, é a importância de nos divertirmos. Se os alunos estão empenhados e se divertem enquanto aprendem, não há tanta resistência à aquisição de conhecimento. Simplesmente acontece naturalmente.



2. Planejamento da aula:


Sempre planeje suas aulas com antecedência. Se você decidir o que estudar, durante a aula, perderá seu aluno. As crianças precisam ver que a aula está organizada e seguindo um formato. Se eles pensam que a aula é desorganizada, eles também se tornarão desorganizados. Com minhas filhas, sempre me certifico de que elas saibam o que vamos estudar antes de começarmos. “Meninas, hoje vamos estudar os animais da fazenda em duas atividades". Dessa forma, elas também estão preparadas e sabem exatamente o que vão estudar.



3. Desligue e guarde os telefones celulares:


Isso parece muito óbvio, mas na verdade não é, porque é facilmente esquecido. Se o seu celular estiver sobre a mesa, ele emitirá um bipe e o distrairá. Quando uma criança ouve um telefone tocando, ela se distrai automaticamente e quer saber quem vai atender o telefone. “Pai, seu celular está tocando… ..paiiii… .seu celular está tocando” kkkkk Todos nós sabemos como é.


4. Desligue as TVs ou rádios:


Você já tentou estudar em frente à TV? Bem, eu já tentei e é um pesadelo. Como você pode esperar que uma criança se concentre quando Bob Esponja está na televisão ou o rádio tocando?


5. Remova os itens que distraem da sala;


Remova fotos ou jogos que distraiam ou são desnecessários para a vista da criança. Mantenha sua área de estudo livre de qualquer coisa que seu filho possa usar como forma de mudar o foco.


6. Não perturbe:


Você precisa se certificar de que ninguém entre na sala durante o período de estudo. Se você estiver estudando em casa, certifique-se de que todas as outras pessoas da sua casa saibam que você está ensinando naquele momento específico, para que não fiquem entrando na sala e causando distrações desnecessárias.


7. Faça uma pausa:


Se seu filho não estiver realmente de bom humor naquele dia em particular e você perceber que ele está ficando irritado, faça uma pausa nos estudos. Com minhas filhas geralmente eu uso este pequeno intervalo para comer um lanche, tomar uma água ou ir ao banheiro. Aviso para elas que vamos ter um intervalo e que depois voltaremos para a aula de inglês.



8. Use cadeiras onde seu filho encoste o pé no chão:


Com isso seu filho não fica destruído por ficar balançando os pés.



Existem muitas razões pelas quais as crianças podem não ter foco e é importante que nós, como professores, as compreendamos. Seu filho pode estar com falta de sono, motivação, ansiedade, dificuldade em entender os materiais ou não achar os materiais desafiadores o suficiente, mas se formos pacientes e compreendermos esses motivos nossas aulas serão muito mais tranquilas.

5 visualizações0 comentário